carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Bolsa cai e dólar e risco sobem com rebaixamento do Brasil

O mercado financeiro teve uma quinta-feira nervosa com a divulgação de um relatório do banco norte-americano J.P. Morgan rebaixando a recomendação para os títulos da dívida brasileira. Também ajudou o temor de que a China, além dos EUA, aumente os juros para frear o explosivo crescimento do país. A bolsa de São Paulo despencou 2,57% e o dólar fechou cotado a R$ 2,918, alta de 1,04%.O risco Brasil subiu 61 pontos e ultrapassou a barreira dos 600 pontos, chegando a 618. Só neste mês de abril o indicador teve uma alta de 9%. Os C-Bonds, principais títulos da dívida externa brasileira, caíram 2,5%, para US$ 0,93. No ano, eles acumulam baixa de 5,6%. OS juros futuros voltaram a subir. Os DIs de janeiro, os mais negociados na BM&F, fecharam em 15,44%, contra 15,32% ontem.

Agencia Estado,

15 de abril de 2004 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.