finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsa cria ombudsman para defender investidor

Joubert Rovai, que tem 30 anos de experiência no mercado de capitais, é o primeiro ombudsman (palavra sueca equivalente ouvidor, em língua portuguesa) da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). No cargo há 11 dias, ele deve atuar defendendo os direitos dos investidores nos negócios com as corretoras e distribuidoras de valores.De acordo com a definição de Rovai, o seu papel, que deve ser o de receber todo tipo de opinião e crítica, apontar soluções e tentar ser imparcial. Ele tem como missão ouvir o público, encaminhar suas questões aos superiores e exigir providências. "Tenho total independência da Bolsa para atuar ou interferir e obter soluções para o investidor que me procura", explica.Rovai, no curto período em que está atuando, já recebeu quase 400 chamados, dos quais pouco mais de 100 eram típicas situações para serem resolvidas por ele (a Bolsa também tem um centro de informações para sanar dúvidas comuns). Mas apenas 2 casos mereceram uma análise aprofundada. Segundo o presidente da Bovespa, Raymundo Magliano Filho a criação do cargo foi necessária dentro do projeto de popularizar a Bolsa. "A Bovespa criou a figura do ombudsman do mercado, exatamente para atender às demandas e queixas dos investidores e assim aproximar a Bolsa daqueles que destinam parte de suas poupanças para aplicações em ações", disse.Rovai responderá às queixas dos investidores em 48 horas. As orientações de como contatar o serviço do ombudsman estão no site da Bovespa (ver link abaixo). Por meio do Serviço de Atendimento Público da Bovespa (SAP Bovespa - 0800-770-0149), pode-se obter informações sobre custódias, balanços, publicações e conversar com atendentes ou com o próprio ombudsman, entre outras informações.

Agencia Estado,

04 de junho de 2001 | 13h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.