Bolsa de Dubai despenca 7,3%, Abu Dhabi tem queda recorde

A bolsa de valores de Dubai encerrou a segunda-feira em queda de 7,3 por cento, a maior desde 8 de outubro de 2008, depois do emirado ter anunciado um adiamento no pagamento de bilhões de dólares em dívida.

REUTERS

30 de novembro de 2009 | 08h20

Já o mercado acionário de Abu Dhabi, outro emirado que forma os Emirados Árabes Unidos, despencou 8,3 por cento, a maior perda diária da história do índice.

Os papéis de bancos e do setor imobiliário foram os mais atingidos. Das 32 ações da bolsa de Dubai, 18 encerraram no limite de baixa, o que aconteceu com 28 dos 60 papéis de Abu Dhabi.

"As incertezas continuam e tudo o que precisamos é um comunicado ou algum tipo de orientação", disse Chamel Sahmy, operador do Beltone Financial.

Tudo o que sabemos sobre:
MERCADOSDUBAIFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.