Bolsa de Nova York supera, pela primeira vez, os 12 mil pontos

Resultados corporativos favoráveis nos Estados Unidos deram novo impulso às Bolsas e levaram o Dow Jones - índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - a superar pela primeira vez a história a marca dos 12 mil pontos, com recorde de pontuação no fechamento em 12.011,7 pontos. No fechamento do mercado, a Dow Jones estava em alta de 0,16%.O enfraquecimento do índice de atividade do Federal Reserve da Filadélfia era usado como pretexto para tirar parcialmente a tendência de alta da Bolsa de Nova York. Contudo, o resultado positivo de empresas importantes - Citigroup, McDonald´s, Pfizer, Coca-Cola - acabou vencendo e a tendência de alta prevaleceu.Outra notícia que sinaliza que a economia norte-americana não está tão enfraquecida veio do Departamento do Trabalho dos EUA. Segundo os dados divulgados, o número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana até 14 de outubro caiu 10 mil, para 299 mil, ante a expectativa de que haveria aumento de 2 mil solicitações, o que sugere um mercado de trabalho relativamente firme.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.