finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsa de NY fecha em alta, apesar do alerta da Cisco

A Bolsa de Nova York fechou em alta de 0,40%, com as ações do setor de tecnologia mostrando um bom desempenho, apesar do alerta da Cisco Systems, de que seus resultados não serão tão bons como se previa no trimestre novembro/janeiro. O índice Nasdaq, concentrado em tecnologia, operou as duas primeiras horas do pregão em baixa, mas recuperou terreno e fechou em alta de 2,05% pela sétima vez nos últimos nove pregões. Segundo analistas ouvidos pela Dow Jones, o pano de fundo para a alta de hoje é a crescente convicção do mercado de que o Fed reduzirá as taxas de juro de curto prazo em meio ponto potencial nesta quarta-feira. "Não há dúvida de que esta alta foi impressionante. Com as más notícias da Cisco, e com o mercado superestendido, poderíamos esperar algum atrito, mas, apesar disso, conseguimos subir", comentou o estrategista Charles Pradilla, da SG Cowen. As ações da Cisco caíram 2,93%. Outras ações de tecnologia tiveram altas expressivas, como Hewlett-Packard (+8,97%) e Intel (+3,31%). As ações da AT&T, que divulgou resultados, subiram 2,15%; as da Xerox avançaram 1,07%, também em reação a seus resultados. As da montadora DaimlerChrysler recuaram 1,97%, em dia marcado pelo anúncio de um programa de 26 mil demissões em três anos na unidade norte-americana do grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.