Bolsa de NY realiza o Brazil Day na segunda

Representantes das maiores empresas brasileiras estarão na abertura da Bolsa de Nova York desta segunda-feira. Eles celebrarão o "Brazil Day", considerado uma das maiores vitrines brasileiras para investidores estrangeiros. O evento levará à capital do capital executivos como Alfredo Setúbal, do Banco Itaú, Lauro Henrique Rezende, daCompanhia Siderúrgica Nacional (CSN), Luiz Eduardo Dutra, da Petrobras e Cássio Casseb, do Banco do Brasil, entre outros 21 grandes empresários. "O Brazil Day foi idealizado para aumentar a visibilidade das companhias brasileiras no mercado e estimular ainda mais o investidor estrangeiro a aplicar no País", comentou o presidente da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), Raymundo Magliano Filho. O "Brazil Day" será aberto pelo ministro Luiz Fernando Furlan, do Desenvolvimento e pelo presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Luiz Leonardo Cantidiano. Na Bolsa de Nova York, eles farão uma conferência para a imprensanorte-americana, às 7h45 (horário de Nova York). Em seguida, a comitiva partirá para o New York Palace Hotel, onde serão apresentados seis painéis tratando das oportunidadesde investimentos no Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.