Bolsa de Tóquio cai ao menor patamar em quatro meses

As ações da bolsa de Tóquio caíram fortemente nesta quinta-feira, após os desempenhos ruins dos mercados nos Estados Unidos ontem e o recuo abrupto do dólar em meio à renovação dos receios sobre o crescimento econômico global. O índice Nikkei perdeu 2,2%, a 14.738,38 pontos, chegando ao nível mais baixo desde o fim de maio.

Estadão Conteúdo

16 de outubro de 2014 | 07h27

Durante a sessão na Ásia, a moeda norte-americana recuou para 106,18 ienes, de 107,25 ienes do dia anterior. "Tem sido difícil avaliar o desempenho das ações japonesas neste ano, mas qualquer queda mais forte do dólar, acompanhada por apreensões quanto ao crescimento global, é sempre negativa para uma economia exportadora como a do Japão", disse Chris McGuire, CEO da Phalanx Capital Management

"O dólar ainda permanece no patamar de 105 a 110 ienes, então não há razão para alarme", avaliou Yoshihiro Okumura, da Chibagin Asset Management. "No entanto, uma queda abaixo dos 105 ienes pode causar pânico nos mercados porque as altas dos últimos meses aconteceram a partir de previsões de fortalecimento da moeda japonesa", disse.

Ações sensíveis à variação do dólar registraram queda, com recuo de 3,9% da Honda Motor e de 3,8% da Tokyo Electron. A Toyota Motor também recuou, fechando em desvalorização de 1,9%, após o anúncio do recall de cerca de 1,7 milhão de veículos, que já havia impactado as ações ontem.

Entre os papéis ligados ao petróleo, a queda também foi acentuada, em meio ao contínuo recuo dos preços do combustível. A Inpex caiu 5,5%, enquanto a refinaria JX Holdings perdeu 4,1%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.