Bolsa de Tóquio dispara 3,4% e supera 9.500 pontos

A forte atuação de investidores domésticos e estrangeiros fez a Bolsa de Tóquio disparar nessa terça-feira, com o Nikkei-225 computando a maior alta em pontos deste ano e fechando acima do nível de 9.500 pontos pela primeira vez desde setembro. O Nikkei-225 subiu 313,75 pontos (3,4%), para fechar em 9.592,24 pontos. Ontem, o índice já tinha subido 195,38 pontos. Os ganhos dessa quarta-feira refletiram as altas de ontem em Wall Street - o Dow subiu 0,62% e o Nasdaq, 1,07% - e ainda o resultado da pesquisa tankan e aqueceram as apostas de que o índice Nikkei está a caminho dos 10 mil pontos. O Topix, o índice amplo que reflete o movimento de todos os papéis da primeira etapa da sessão, subiu 28,98 pontos (3,2%), para 945,24 pontos. Os investidores colocaram em suas carteiras uma gama variada de ações, desde ativos dos bancos até papéis das grandes empresas industriais, como Nippon Steel e NEC. Evidenciando o bom ambiente, o volume negociado na primeira etapa da sessão foi estimado em 1,931 bilhão de ações, situando-se acima do nível de 1 bilhão de papéis pela 25ª sessão consecutiva. As ações do Resona Holdings foram as mais ativas em termos de volume e dispararam 8% e a Nippon Steel, o segundo maior movimento do dia, subiu 3,6%. A NEC ficou no terceiro posto entre os papéis mais negociados e valorizou-se 5,9%. Os papéis dos grandes bancos registraram desempenhos robustos, diante da percepção de que o bom momento no mercado acionário terá impacto positivo em seus balanços. O Mizuho Financial escalou 18,4% e o UFJ Holdings, 15,3%. O Mitsubishi Tokyo Financial ganhou 5,9% e o Sumitomo Mitsui Financial, 7,6%.

Agencia Estado,

02 Julho 2003 | 08h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.