coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Bolsa de Tóquio fecha em +3,5% com ganhos em NY

A Bolsa de Tóquio fechou em forte alta, após o desempenho robusto de Wall Street na sessão de ontem ter atenuado os temores de que os últimos escândalos contábeis das empresas norte-americanas envolvessem os mercados globais em uma espiral negativa. Novos sinais de que a economia japonesa continua no caminho da recuperação também ajudaram a melhorar o ambiente no pregão local. O governo informou que a produção industrial japonesa cresceu 3,9% em maio, em relação a abril, acima do crescimento esperado de 3,2%. O dado amortizou o impacto de outros dados desfavoráveis, que mostraram que a taxa de desemprego subiu, os gastos com consumo seguiram esquálidos e os preços mantiveram-se em queda, evidenciando que a recuperação ainda é muito lenta. O índice Nikkei-225 computou o quarto maior ganho em pontos do ano ao subir 360,24 pontos (+3,5%), para terminar o dia em 10.621,84 pontos. O Topix, índice amplo que reflete o movimento de todos os papéis negociados na sessão matutina, subiu 30,84 pontos (+3,15), para 1.024,89 pontos. Ontem,o o Dow Jones subiu 1,64% e o Nasdaq, 2,09%.Os dois últimos dias de alta em Tóquio conseguiram apagar a perda de 422 pontos do Nikkei na quarta-feira, quando os investidores reagiram à notícia de que a norte-americana WorldCom registrou irregularmente US$ 3,8 bilhões de despesas em seu balanço. Embora, as ações tenham mostrado resistência nos últimos dias, os investidores seguem preocupados em relação à vulnerabilidade dos mercados. Os destaques no bloco positivo foram os papéis de tecnologia. A Sony disparou 5%; a NEC, 4% e a NTT avançou 2,3%.

Agencia Estado,

28 de junho de 2002 | 08h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.