Bolsa de Tóquio fecha em alta após discurso de Yellen

Primeiro discurso da nova presidente do Fed sinalizou que o programa de incentivos do banco central local pode ser reduzido

12 de fevereiro de 2014 | 08h16

A Bolsa de Tóquio encerrou em terreno positivo nesta quarta-feira após o primeiro discurso de Janet Yellen como presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) no Congresso norte-americano. Além de sinalizar que o Fed continuará a reduzir seu programa de compras mensais de bônus, Yellen acalmou os mercados o suficiente para estabelecer o movimento comprador.

As ações de exportadoras sensíveis ao iene, como a Tokyo Electron e a Honda Motor, se beneficiaram de uma desvalorização modesta do iene ante o dólar. Os papéis das companhias subiram 4,6% e 3,3%, respectivamente.

Após permanecer fechada na terça-feira em função de feriado nacional, a Bolsa de Tóquio fechou em alta de 0,56%, a 14.800,06 pontos.

O mercado foi beneficiado pelo discurso de Yellen, que ressaltou a continuidade da política monetária. Além disso, a presidente do Fed afirmou que as taxas de juro de curto prazo deverão permanecer extraordinariamente baixas por bastante tempo. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.