Bolsa de Tóquio fecha em alta de +3,49%

A Bolsa de Tóquio fechou em alta acentuada com o robusto desempenho dos mercados norte-americanos ontem e a contínua apreciação do dólar ante o iene voltando a motivar compras fortes de ações de alta tecnologia e de empresas exportadoras. O índice Nikkei-225 subiu 337,05 pontos (+3,49%), rompeu a barreira dos 10 mil pontos, o que não ocorria desde 23 de julho, e fechou em 10.003,72 pontos.O índice Topix, barômetro do movimento de todos os papéis da sessão matutina, encerrou o dia com alta de 23,05 pontos (+2,4%), em 974,96 pontos. Na primeira vez desde 18 de julho, o total de ações que fecharam a primeira etapa da sessão no positivo foi maior do que 1 mil, atingindo 1.025. O volume negociado na primeira sessão subiu para 705,07 milhões de papéis, de 688,97 milhões de ações no mesmo intervalo de ontem.Estimulados pelos ganhos de 5,41% do Dow Jones e de 5,79% do Nasdaq e pela valorização do dólar, os investidores compraram ativamente papéis das empresas fabricantes de chips e de componentes elétricos e eletrônicos. A Fujitsu subiu 1%, enquanto a NEC somou 2,8%.As montadoras também tiveram um dia positivo. A Honda ganhou 1,8%, beneficiada pela alta do dólar ante o iene e pelo resultado trimestral divulgado ontem. A Toyota disparou 5,4% e a Mitsubishi Motors, 5,5%. O interesse do mercado tem sido focado no comportamento das ações norte-americanas e, por conseqüência, em como os investidores estrangeiros que atuam em Tóquio tem reagido ao desempenho de Wall Street.Nesta terça-feira, as corretoras estrangeira colocaram, pelo nono dia consecutivo, vendas líquidas antes da abertura do mercado. Os operadores acreditam que os estrangeiros só voltarão a fazer compras líquidas em Tóquio quando os mercados norte-americanos se estabilizarem.

Agencia Estado,

30 de julho de 2002 | 08h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.