Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bolsa de Tóquio fecha em baixa apesar de corte nos juros

Banco do Japão reduz taxa básica de 0,3% para 0,1%; índice Nikkei perde 78,71 pontos, 0,90%

Agências internacionais,

19 de dezembro de 2008 | 06h12

A Bolsa de Tóquio não reagiu ao anúncio de corte na taxa básica de juros feito pelo Banco do Japão nesta sexta-feira. O mercado japonês fechou em baixa de 0,90%, seguindo a tendência de Wall Street com o aumento dos temores sobre o agravamento da crise financeira. Veja também:BoJ reduz taxa básica de juro de 0,30% para 0,10%Desemprego, a terceira fase da crise financeira globalDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise  O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio fechou em baixa de 78,71 pontos (0,90%), para 8.588,52. Já o Topix, que reúne todos os valores da primeira seção, caiu 4,26 pontos (0,50%), aos 834,43. O Banco do Japão (BoJ, banco central japonês) reduziu sua taxa básica de juros, a "overnight call loan rate", de 0,3% para 0,1%. A decisão foi aprovada pelo conselho de política monetária do banco por 7 votos a 1 e se segue a cortes de juros efetuados por outros importantes bancos centrais, como os dos EUA e os da zona do euro. Outros mercados asiáticos seguiram o japonês. Em Hong Kong, o índice Hang Seng encerrou em baixa de 2,15%. Bangcoc perdeu 0,09% e Jacarta 0,10%. A bolsa australiana também ficou no negativo, 0,93%. Em O índice Kospi da Bolsa de Seul fechou hoje em alta de 5,06 pontos (0,43%), para 1.180,97. O indicador de valores tecnológicos Kosdaq subiu 2,15 pontos (0,63%), aos 342,45. O resultado positivo de Seul só foi acompanhado por Manila e Xangai, 0,11% e 0,14%, respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.