Bolsa de Tóquio fecha em baixa de 1,19%

A Bolsa de Tóquio iniciou a semana em baixa, com os investidores realizando lucros em uma sessão monótona, em razão das expectativas sobre o pacote antideflacionário que o governo deve divulgar nos próximos dias. O Nikkei-225 caiu 107,72 pontos (-1,19%), em 8.978,41 pontos. O índice subiu 7,7% nas cinco sessões da semana passada. O Topix, índice amplo que retrata o comportamento de todos os papéis negociados na sessão matutina, caiu 4,87 pontos (-0,5%), para terminar o dia em 889,08 pontos. Os operadores afirmaram que o Nikkei deve encontrar suporte ao redor dos 9.000 pontos até que o primeiro-ministro japonês, Junichiro Koizumi, finalize os detalhes do pacote econômico no final desta semana. Os investidores também seguirão vulneráveis ao comportamento de Wall Street.Entre os papéis que se destacaram no dia estavam os da Hitachi, que caíram 3,7%, depois de o Nihon Keizai Shimbun ter informado, domingo, que a companhia deverá, provavelmente, revisar em baixa sua expectativa de lucro para o ano completo que se encerrará em março. As ações de tecnologia fecharam, em sua maioria, em baixa. As principais companhias começarão a apresentar seus balanços do primeiro semestre a partir de sexta-feira. A Toshiba caiu 4,1%, enquanto a Mitsubishi Electric perdeu 3,2%. A NEC cedeu 4,2% e a Fujitsu, 3,2%. A Shimadzu voltou a subir forte, após um de seus engenheiros ter recebido o Nobel de Química. Os papéis da empresa dispararam 13%, após terem sido os mais negociados na primeira etapa da sessão. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.