Bolsa de Tóquio fecha em leve alta puxada pelo dólar

A Bolsa de Tóquio fechou em leve alta pela oitava sessão consecutiva nesta quarta-feira, ajudada por uma subida do dólar ante o iene, o que ajudou a evitar a realização de lucros.

Estadão Conteúdo

20 de agosto de 2014 | 08h13

O índice Nikkei, que reúne os papéis mais negociados na capital do Japão, subiu apenas 0,03%, fechando em 15.454,45 pontos.

O dólar opera em alta forte nesta quarta-feira ante as principais moedas influenciado por dados bons do setor habitacional dos Estados Unidos e por uma diminuição das tensões geopolíticas no leste europeu. Com isso, reacenderam os rumores que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) irá aumentar os juros antes do que o esperado pelo mercado, o que impulsiona a divisa norte-americana.

A moeda dos EUA mais forte ajuda nos ganhos das empresas exportadoras do Japão, pois o iene fraco aumenta a competitividade delas no exterior.

O mercado não pareceu ser profundamente afetado por dados da balança comercial japonesa, que mostrou déficit pelo 25º mês consecutivo.

"O mercado continua a se recuperar lentamente do apetite de risco, resultando em bolsas mais fortes e um iene mais fraco", disse o estrategista do CLSA Nicholas Smith.

No noticiário corporativo, as ações da ABC-Mart subiram 3,1% após a varejista de calçados aumentar a sua projeção de dividendos para o ano fiscal. A Foster Electric avançou 2,4% influenciada por uma reportagem da Nikkei que diz que a empresa pretende transferir uma fábrica de alto-falantes da China para Mianmar, depois que as autoridades chinesas aplicaram multas contra fabricantes de peças de automóveis japonesas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.