Bolsa de Tóquio fecha em queda de 0,3%, na mínima do ano

A Bolsa de Tóquio fechou com o índice Nikkei 225 no menor nível de encerramento do ano, uma vez que as preocupações com o iene forte e a situação da dívida soberana da Europa levaram a um renovado pessimismo em relação aos exportadores, incluindo Toyota e Sony. O índice perdeu 26,64 pontos, ou 0,3%, e terminou aos 8.348,27 pontos, o que representa uma desvalorização de 18% no ano.

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

21 de novembro de 2011 | 07h42

O Nikkei abriu com pequeno recuo e depois chegou a subir, mas passou a maior parte do dia no território negativo. "Há simplesmente poucas pistas de negociação no momento, com a temporada de balanços terminada e o anúncio do ''supercomitê'' dos EUA (comissão conjunta do Congresso criada para estudar cortes no orçamento) previsto para 23 de novembro", disse Toshiyuki Kanayama, analista da Monex. "Os players estão em compasso de espera", afirmou.

As ações das companhias exportadoras em geral se retraíram por causa do iene persistentemente valorizado. Os principais nomes do setor de tecnologia tiveram desempenho pior do que o mercado em geral. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsasTóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.