Bolsa de Tóquio se valoriza após plano do governo

As ações negociadas no Japão lideraram os ganhos nos mercados asiáticos nesta terça-feira. A bolsa de Tóquio teve alta de quase 5 por cento depois que o governo anunciou plano de 16,7 bilhões de dólares para ajudar empresas ameaçadas pela crise financeira. O plano de financiamento do Japão ajudou o índice Nikkei a ter o seu maior ganho percentual em um único dia desde meados de dezembro. Os negócios também foram influenciados por queda no preço do iene e por disparada de 9 por cento nas ações da Honda. A montadora anunciou mais cortes de produção na América do Norte e no Japão, mas um jornal informou que a companhia vai ampliar capacidade na China. O ministro do Comércio do Japão informou que só será fornecido capital enquanto as empresas enfrentarem dificuldades para levantar fundos devido à turbulência do mercado. Além disso, as empresas que receberem capital terão de traçar planos para aumentar a lucratividade em três anos. "Essas notícias são positivas, já que são destinadas a empresas em geral e aumentam expectativas de que essa medida ajudará com o levantamento de fundos, mas a desvalorização do iene também ajudou", disse Yutaka Miura, analista técnico sênior do Shinko Securities. O índice MSCI que reúne mercados da região Ásia-Pacífico menos o Japão exibia valorização de 1,7 por cento às 7h34 (horário de Brasília), após alta no mercado norte-americano na véspera. Muitos mercados asiáticos não operaram devido ao feriado do Ano Novo Lunar. A bolsa de SYDNEY terminou em alta de 3 por cento, após feriado de um dia, ajudada por mineradoras como a Rio Tinto, que foi impulsionada por uma recuperação nos preços de metais.

CHARLOTTE COO, REUTERS

27 de janeiro de 2009 | 07h42

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAASIAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.