carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Bolsa de Tóquio sobe 0,8% e atinge melhor nível em 10 meses

Dados positivos da zona do euro e expectativa de recuperação do PIB japonês alimentaram busca por ações

Hélio Barboza, da Agência Estado,

14 de agosto de 2009 | 08h47

O índice Nikkei 225 da Bolsa de Tóquio fechou com a maior pontuação do ano nesta sexta-feira, 14, depois que dados melhores que o esperado sobre a economia na zona do euro alimentaram um rali generalizado, sob a liderança das fabricantes de maquinários e das companhias de comércio exterior ("tradings"). Observadores do mercado citaram também a expectativa de que o PIB do segundo trimestre do Japão, a ser divulgado na segunda-feira, 17, confirme uma recuperação, segundo a agência Dow Jones.

 

O Nikkei 225 ganhou 80,14 pontos, ou 0,8%, e chegou aos 10.597,33 pontos, o maior nível desde 3 de outubro do ano passado. Na semana, o índice acumula alta de 1,8% e no mês, de 2,3%. No ano, o Nikkei acumula valorização de quase 20%.

 

"Na medida em que se amenizam as preocupações sobre as perspectivas econômicas, a liquidez excedente começa a fluir mais para os ativos de risco", disse o estrategista Toshihiko Matsuno, da corretora SMBC Friend Securities.

 

Embora as compras realizadas pelos investidores estrangeiros possam continuar a sustentar o Nikkei na próxima semana, os traders também estão conscientes de que o mercado está superaquecido, afirmou Yumi Nishimura, analista da Daiwa Securities. Ela acrescentou que a Bolsa pode ficar sem um sentido claro de direção depois que os dados do PIB forem divulgados, e previu que o Nikkei oscilará entre os 10.400 e os 10.700 pontos.

 

Entre as ações sensíveis à economia, a trading Mitsubishi Corp. fechou com alta de 3,3%, enquanto a fabricante de maquinários Komatsu saltou 5,3%.

 

As fabricantes de maquinários também foram ajudadas por múltiplas elevações de ratings. A Hitachi Construction Machinery disparou 8,4% depois que as corretoras Mitsubishi UFJ Securities e Macquarie elevaram os ratings da companhia.

Tudo o que sabemos sobre:
BolsaTóquioNikkei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.