Bolsa de Tóquio sobe 1,9%

A divulgação de balanços corporativos robustos estimulou as compras de pechinchas na Bolsa de Tóquio, fazendo o Nikkei-225 subir 208,21 pontos (1,9%), para 11.070,25 pontos. Foi a primeira vez que o Nikkei fechou acima de 11 mil pontos desde 12 de maio. O Topix, índice amplo que reflete os movimentos de todos os ativos da primeira sessão, somou 20,32 pontos (1,8%), fechando em 1.125,21 pontos. As companhias que apresentaram balanços positivos registraram compras fortes de suas ações. A Isuzu Motors disparou 10,9%, após informar, ontem, que voltou ao lucro no ano fiscal encerrado em março, registrando um lucro recorde após a dura regulamentação sobre emissões de poluentes no Japão ter alavancado as vendas de seus caminhões a diesel. A Nippon Oil subiu 7,4%, após a direção da empresa declarar que está confiante de que será possível voltar ao azul no atual ano fiscal.O JFE Holdings avançou 5,2%, após anunciar um acentuado aumento no lucro no ano fiscal até março, com a robusta demanda por aço da China e do próprio mercado japonês ajudando a elevar os preços de seus produtos.Segundo operadores, a alta dessa sexta-feira foi uma recuperação natural. A recente venda de papéis exterminou 14% do Nikkei-225 desde o pico desse ano, atingido em 26 de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.