Bolsa de valores britânica tem pior desvalorização anual em 2008

A bolsa de valores de Londres fechou nesta quarta-feira em alta de 0,7 por cento, a 4.423 pontos, segundo dados preliminares, consolidando a maior queda anual desde a criação do índice FTSE 100 em 1984, à medida que a crise de crédito e o aparecimento da recessão abalaram os mercados acionários globais. O indicador perdeu 31,5 por cento neste ano, frente aos ganhos de 3,8 por cento em 2007. No entanto, o índice britânico teve melhor desempenho que os indicadores DAX, da Alemanha, e CAC, da França, que acumularam queda de 40,4 e 42 por cento respectivamente em 2008. O índice de companhias farmacêuticas e de biotecnologia teve a melhor performance entre os sub setores do FTSE 350, subindo 8,3 por cento em 2008. O índice de metais industriais teve o pior desempenho, caindo perto de 84 por cento este ano. O índice de bancos perdeu perto de 57 por cento em 2008, enquanto o índice de mineradoras cedeu 56 por cento, mais que o indicador de companhias ligadas a petróleo e gás, que recuou 16 por cento este ano. (Reportagem de Dominic Lau)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.