Bolsa e dólar sobem com giro fraco

Feriado nos EUA esvazia negócios e cautela prevalece com incertezas sobre economia americana e petróleo

Claudia Violante, Silvana Rocha e Denise Abarca, O Estadao de S.Paulo

23 de novembro de 2007 | 00h00

Com o feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos, ontem, o mercado doméstico teve um dia mais calmo e com negócios reduzidos. O fato de o petróleo ter recuado favoreceu o desempenho das Bolsas na Ásia, Europa e também no Brasil e ajudou a dar certo suporte ao dólar ante o euro no mercado de moedas. Em Londres, o petróleo Brent para janeiro caiu 0,36%, a US$ 94,50 por barril. A Bovespa fechou com leve alta de 0,12%, aos 60.653 pontos. A expectativa com a reabertura dos negócios em Nova York hoje, quando começam as liquidações das grandes varejistas, provocou ajustes de posições. O dólar à vista devolveu a queda inicial e terminou nas máximas, a R$ 1,7805 (+0,03%) na BM&F e a R$ 1,78 (+0,23%) no balcão. O juro para janeiro de 2010 encerrou estável, em 11,88%. Hoje, os mercados em Wall Street fecham mais cedo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.