Bolsa: empresas perdem valor de mercado

Um estudo da Economática Empresa de Informações Financeiras mostrou que o valor de mercado das empresas negociadas na Bolsa caiu de US$ 250 bilhões em março de 2000, quando chegaram ao patamar máximo desde 1993, para US$ 88 bilhões pelas cotações de ontem. Nesse cálculo, leva-se em conta o valor das ações multiplicado pelo número de papéis da empresa negociados no mercado. "Esse valor foi reduzido para um terço do que era em 2000", afirma o diretor da Economática, Fernando Exel.Segundo ele, esse estudo não tomou por base todas as empresas com ações negociadas na Bolsa, devido à falta de liquidez - facilidade de negociação - de muitos papéis, que passam meses e até anos sem que sejam comprados e vendidos. "Para esse estudo observamos o desempenho das ações de 240 empresas", explica Exel.Os setores mais afetados nesse ano, segundo o estudo da Economática, foram telecomunicações, energia e bancos. "As empresas de telecomunicações perderam devido à não confirmação da perspectiva de lucro com as empresas desse segmento. No setor de energia, as empresas estão muito endividadas. Para os bancos, o risco é que eles são os grandes credores do governo e, em caso de reestruturação da dívida, o desempenho das instituições financeiras será muito afetado", afirma Exel.Ele informa que, do começo do ano até hoje, as 25 empresas do setor de energia apresentaram uma redução de valor de mercado de US$ 20,3 bilhões para US$ 8,6 bilhões de dólares. Já as 16 empresas do segmento bancário perderam valor de mercado, de US$ 29 bilhões para US$ 13 bilhões. No caso das empresas do setor de telecomunicações, o valor de mercado das empresas foi reduzido de US$ 33,2 bilhões para US$ 16,6 bilhões. Já a empresa com a maior queda no valor de mercado em dólar, segundo o estudo da Economática, foi a Net (antiga Globo Cabo). Desde o dia 31 de dezembro de 2001 até ontem, o valor caiu 97,7%. Para se ter uma idéia, um investidor estrangeiro que colocou US$ 100 dólares em ações da Net em 31 de dezembro de 2001 e decidiu resgatar ontem recebeu US$ 2,3. Já a Embratel perdeu 84,9% do seu valor de mercado. Nesse caso, o investidor que tivesse aplicado US$ 100 dólares resgataria US$ 15,1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.