Bolsa encerra mês em baixa de 4,40% e dólar sobe 0,99%

Apesar da expectativa com novos eventos do exterior, como a reunião do banco central dos Estados Unidos amanhã, o mercado interno teve dia relativamente calmo. Tampouco a crise política influenciou os negócios, apesar das novas denúncias publicadas no fim de semana.Na bolsa, as ações de bancos foram destaque nesta segunda-feira. As ações preferenciais (PN, sem direito a voto) do Itaú fecharam em alta de 5,29%. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta de 2,99%. No mês, contudo, o mercado de ações acumula baixa de 4,40%. No câmbio, o Banco Central não realizou leilão de compra e o dólar permaneceu em baixa. O dólar comercial encerrou o dia cotado a R$ 2,2520, em queda de 0,53% em relação aos últimos negócios de sexta-feira. No acumulado do mês de outubro, a moeda norte-americana ficou com alta de 0,99%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.