finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsa família, armas e pena de morte dividem opiniões

O Visão Brasil também elaborou uma pesquisa quantitativa e qualitativa com mais de 2 mil pessoas, para mapear as prioridades do cidadão brasileiro.

O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2014 | 02h05

Uma das percepções foi a existência de atitudes polarizadas em diversos temas, como programas assistenciais, pena de morte e porte de armas. O Bolsa Família, por exemplo, foi considerado favorável por 62% da população.

Saúde e segurança foram consideradas áreas prioritárias na visão dos brasileiros, bem como os temas com mais alto grau de insatisfação na atualidade.

De forma geral, contudo, o brasileiro ainda continua otimista em relação ao futuro do País - 78 dos entrevistados disseram que o Brasil estará melhor ou muito melhor em 2030, e apenas 7% acreditam que ficará pior ou muito pior.

Tudo o que sabemos sobre:
Visão Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.