Bolsa fecha com queda de 0,54% e juros futuros recuam

O Ibovespa ? índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) ? ultrapassou hoje o patamar dos 18 mil pontos, mas no fechamento dos negócios recuou e fechou em 17.708 pontos, com queda de 0,54%. O volume negociado continua expressivo e somou R$ 1,345 bilhão. A Bovespa registrou mais um recorde nesta quinta feira, o de número de negócios. Foram computados 67.853 negócios, sendo 31.675 transações referentes a operações com opções sobre ações. A marca anterior foi de 62.788 negócios, registrada em 18 de setembro.Os juros futuros não páram de cair. Inflação sob controle, dólar na casa dos R$ 2,8300, risco país ? taxa que mede a confiança dos investidores estrangeiros na capacidade de pagamento da dívida do Brasil - abaixo dos 600 pontos base são as razões que explicam a continuidade da queda das taxas. Hoje, o contrato de juros futuros com vencimento em abril negociado na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) fechou com taxa de 17,76% ao ano, ante 17,82% ao ano de ontem. O resultado do IPCA de setembro, de 0,78%, ficou ligeiramente acima da previsão do mercado, que variava entre 0,61% a 0,77%. E ficou bem acima do resultado de agosto, de 0,34%. O mercado até ensaiou uma realização de lucros, que não vingou. Essa alta é considerada pontual pelo IBGE. E está relacionada a fatores sazonais (a alta foi puxada pelos preços dos alimentos). Além disso, o IBGE afirmou que, em outubro, a pressão diminui (veja mais informações no link abaixo).Mercado norte-americanoNos Estados Unidos, o Departamento do Trabalho informou que o número de novos pedidos de auxílio-desemprego caíram em 23.000 na semana passada, para 382.000 pedidos, menor nível em oito meses, proporcionando novas evidências de estabilização do mercado de mão-de-obra nos EUA. Por causa desta boa-nova, o índice Dow Jones ? que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa de Nova Iorque fechou em alta de 0,51% e a Nasdaq ? bolsa que negocia ações do setor de tecnologia e Internet ? subiu 0,96%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.