Bolsa fecha em alta de quase 3%; dólar chega a R$ 2,4430

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou hoje em alta de 2,94%, com volume financeiro de R$ 1,7 bilhão. As maiores altas do índice foram registradas pelas ações ordinárias (ON, com direito a voto) da Light (9,84% ) e Brasil Telecom Participações ON (6,83%). Apenas uma ação fechou em baixa hoje: as preferenciais (PN, sem direito a voto) da Petróleo Ipiranga (0,61% ). O dólar fechou cotado a R$ 2,4430, em alta de 1,41% em relação aos últimos negócios de ontem. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), os contratos com juros pós-fixados (DI), com vencimento em janeiro de 2005, encerraram no patamar mínimo do dia, com taxa de 19,39%, ante 19,45% ontem.Os investidores compraram hoje a expectativa de que o Comitê de Política Monetária (Copom) colocará um fim, na sua reunião deste mês, no ciclo de elevações da Selic - a taxa básica de juros da economia. O PIB do primeiro trimestre - considerado fraco - e as projeções otimistas para a inflação futura foram os motivos alegados pelos analistas para a criação dessa expectativa. Para a Bolsa, a manutenção dos juros é positiva, já que o investimento em ações deixa de perder atratividade como vinha acontecendo diante da alta sucessiva das taxas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.