Bolsa fecha em leve queda de 0,03% e juros futuros recuam mais

Em dia de decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que reavalia a Selic, a taxa básica de juros da economia, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em queda de 0,03%. O volume financeiro somou apenas R$ 706 milhões. O melhor desempenho do Ibovespa ? índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa ? foi de preferenciais (PN, sem direito a voto) da Eletropaulo, com um salto de 7,73%.No mercado de juros futuros, as taxas pós-fixadas (DIs) continuaram em queda. Os contratos negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), com vencimento em julho, fecharam com taxa de 16,78% ao ano, frente a 17,14% ao ano ontem. Já o contrato de janeiro encerrou o dia com juros de 17,59% ao ano, frente a 17,76% ao ano ontem.O dólar comercial encerrou o dia no patamar de R$ 2,9430 na ponta de venda dos negócios ? estável em relação às últimas operações de ontem. A moeda norte-americana iniciou o dia cotada a R$ 2,9650 ? máxima desta quarta-feira ? e oscilou até a mínima de R$ 2,9380. Com o resultado de hoje, o dólar registra alta de 2,69% em novembro e acumula queda de 16,86% em 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.