Bolsa: resgates estrangeiros são de R$ 192 mi

O mês de setembro pode terminar com uma saída menor de recursos estrangeiros da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Até o dia 20, a diferença entre a compra e a venda de ações por parte de investidores estrangeiros apresentava um saldo negativo de R$ 192,235 milhões. No acumulado do ano, o saldo também é negativo, em R$ 1,843 bilhão. Em agosto, a saída de recursos estrangeiros foi maior e ficou em R$ 486,192 milhões. O fluxo de recursos para a Bolsa nesse ano é o inverso do apresentado em 2001. Para se ter uma idéia, no ano passado, até o dia 20 de setembro, a Bolsa acumulava uma entrada de recursos de R$ 1,229 bilhões. Já em 2002, nesse mesmo período, o saldo negativo estava em R$ 1,843 bilhão. É importante destacar que o resultado do ano passado foi favorecido pelo leilão do Banespa, realizado em abril, que incorporou R$ 2,275 bilhões aos negócios, segundo números da Bovespa. Ou seja, sem essa operação, o saldo também teria sido negativo no período.O fluxo de recursos de investidores estrangeiros para a Bovespa começou a ficar negativo nesse ano a partir de junho. Até maio, o saldo estava positivo, em R$ 622,161 milhões. A partir daí, os investidores estrangeiros intensificaram o volume de vendas de ações ao mesmo tempo em que havia um declínio do total de compras. Veja abaixo a tabela completa com os números de 2002.Mês / 2002Mês / 2002Compras de ações (R$ milhões)Vendas de ações(R$ milhões)Saldo mensal(R$ milhões)Acumulado/ano(R$ milhões)Janeiro2.742,7842.840,159- 97,375- 97,375 Fevereiro3.302,3752.851,924450,451353,076Março3.450,2283.350,018100,210453,286Abril3.712,9433.394,491318.451771,738Maio2.896,2053.045,781- 149,576622,161Junho 2.930,896 3.945,857 - 1.014,961- 392,799Julho 2.753,1653.525,841- 772,676- 1.165,475Agosto3.144,4893.630,681- 486,192- 1.651,667Setembro(*)1.483,3161.675,552- 192,235- 1.843,902(*) até dia 20

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.