Bolsa resiste ao petróleo e sobe; risco cai abaixo dos 700

O bolsa paulista fechou com valorização de 0,71%, nos 18.688 pontos, e volume financeiro de R$ 1,177 bilhão, mesmo com a nova alta no petróleo no mercado internacional. Em Nova York, o Dow Jones recuou 0,31% e a Nasdaq subiu 0,02%.O dólar repetiu hoje o comportamento volátil da véspera: caiu pela manhã e subiu à tarde. Fechou em discreta alta de 0,10%, a R$ 3,134. O C-Bond encerrou em queda de 1,12%, a US$ 0,882. A taxa de risco Brasil perdeu 15 pontos e ficou abaixo dos 700 pontos (697).No mercado de juros, a maioria dos investidores aposta na manutenção da Selic. O contrato futuro de curto prazo curto embute um corte de 0,10 ponto, o que significa que cerca de 40% do mercado espera redução, contra 60% que apostam na manutenção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.