Bolsa sobe 0,26% e dólar cai pelo 5º dia consecutivo

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) encerrou esta segunda-feira em alta de 0,26%. Já o dólar caiu pela quinta sessão consecutiva nesta segunda-feira e reverteu toda a alta acumulada após a turbulência nos mercados globais, iniciada no final de fevereiro. A moeda norte-americana fechou em queda de 0,52%, vendida a R$ 2,0880. No dia 26 de fevereiro, véspera da queda de quase 9% da Bolsa de Xangai, o dólar havia fechado a R$ 2,0840. No meio da turbulência, o dólar chegou a bater R$ 2,1510 no ia 5 de março. As bolsas de valores norte-americanas, que abriram fracas em meio à preocupação com o setor de crédito imobiliário, operavam em leve alta durante a tarde, impulsionadas pelo setor de tecnologia e pela queda nos preços do petróleo. O índice Dow Jones - que mede o desempenho das ações mais negociadas na bolsa norte-americana - fechou em alta de 0,34%. A Nasdaq - bolsa que negocia ações do setor de tecnologia e internet - subiu 0,62%.Com poucos indicadores previstos para o dia, prevaleceu o cenário doméstico positivo, com estabilidade da inflação. O relatório Focus divulgado na manhã desta segunda-feira pelo Banco Central mostrou que a estimativa para a inflação anual medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi reduzida para 3,87% em 2007, contra 3,88% na última pesquisa. As bolsas de valores européias fecharam em queda nesta segunda-feira, afetadas pela desvalorização de empresas da área de finanças em decorrência da preocupação crescente com a saúde de instituições hipotecárias nos Estados Unidos. O preço do petróleo em queda também afetou ações de empresas de energia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.