Bolsa sobe com depoimento de Palocci; dólar fecha com queda

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acentuou o movimento de alta depois que o ministro Antonio Palocci começou a falar na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. Há pouco, o Ibovespa - índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa - atingia a máxima do dia, em alta de 0,92% (30.498 pontos). Quando foi aberta a sessão da CAE hoje, o índice subia 0,65%. De acordo com operadores, foi bem traçada a estratégia de Palocci falar hoje. Um operador chegou a afirmar que a Bolsa "está louca pra subir". O volume financeiro, no entanto, está reduzido e há pouco estava em R$ 1,030 bilhão.As ações preferenciais (PN, sem direito a voto) da Petrobras é o maior volume financeiro do dia, com R$ 90 milhões há pouco, e alta de 2,54%. Entre os motivos para o ganho estão a correção das quedas recentes, a alta do petróleo hoje no mercado internacional e a divulgação, pela empresa, de descoberta de óleo leve em um poço terrestre, chamado de Fazenda Palmeira número 1, localizado no município de Esplanada, na Bahia.O dólar comercial fechou em queda de 0,27%, cotado a R$ 2,2040. O Banco Central comprou dólar no mercado, à taxa de corte de R$ 2,1990. As instituições apresentaram 12 propostas a taxas entre R$ 2,198 e R$ 2,201 e o BC aceitou 11 propostas, afirmou um operador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.