Bolsa sobe e dólar despenca com possibilidade de nova emissão

A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) acelerou a alta na tarde de hoje, motivada pela possibilidade de uma nova captação de recursos no exterior. Às 15h15, o Ibovespa - índice que mede o desempenho das ações mais negociadas na Bolsa - sobe 1,62%. O dólar comercial está em baixa de 1,17%, cotado a R$ 2,6160 na ponta de venda das operações.O objetivo desta emissão seria arrecadar US$ 1 bilhão nos mercados de capital internacional com a emissão de bônus globais com vencimento em 2025. O novo bônus deverá ser precificado esta noite e espera-se que o yield (prêmio) fique ao redor de 8,95%, de acordo com os termos da oferta distribuída aos investidores pelos subscritores. A operação é coordenada pelo Deutsche Bank e UBS.O Tesouro brasileiro confirmou numa nota que concedeu mandato aos dois bancos de investimentos para uma emissão de bônus de 20 anos, mas não deu mais detalhes. Os novos bônus globais terão vencimento em fevereiro de 2025.No final da manhã, o risco Brasil - taxa que mede a desconfiança do investidor estrangeiro em relação à capacidade de pagamento da dívida do País - estava em 417 pontos-base. Isso significa que os investidores estrangeiros exigiam um prêmio de 4,17 pontos porcentuais acima dos juros dos títulos norte-americanos. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.