Bolsa sobe e futuro dos juros divide o mercado

O bolsa de São Paulo fechou em alta de 2,39% nesta terça-feira, aproveitando a trégua no mercado global e a baixa do petróleo. Em Nova York, o Dow Jones subiu 0,62% e a Nasdaq valorizou 1,13%. No câmbio, o vencimento de dívidas em dólar fez a moeda norte-americana subir 0,22%, a R$ 3,131. O C-Bond fechou em alta de 0,35%, a US$ 0,892. O risco Brasil encerrou em queda de 16 pontos, em 712 pontos base.Na véspera da decisão sobre os juros, os investidores mostraram divisão nas apostas. A principal dúvida é qual será o foco do Banco Central: a inflação, que está sob controle abre espaço para um corte de 0,25 ponto percentual; ou o cenário externo, com o petróleo permanecendo em alta e afetando os preços domésticos e a inflação. Na BM&F, contratos futuros caíram: os de janeiro fecharam em 16,90%, contra 17,24% na terça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.