carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Bolsa sobe esperando entrada de capital externo

Os mercados tiveram uma manhã de otimismo, que se reduziu um pouco pela tarde. A Bolsa de Valores de São Paulo subiu, ajudada pela ausência de notícias negativas, pela alta forte das bolsas em Nova York e também pelo recuo do dólar, que chegou a ser negociado abaixo dos R$ 3,50. Esse tem sido um limite difícil de romper.Pela primeira vez em muitos dias, operadores identificaram hoje a entrada, ainda tímida, de investidores estrangeiros no pregão. Isso explica a melhora do volume financeiro, que somava há pouco R$ 251,4 milhões, projetando para o fechamento da sessão giro ao redor de R$ 600 milhões. A volta dos investidores estrangeiros, embora ainda discreta, é uma sinalização positiva.Entre os motivos que poderiam estar incentivando o retorno do capital externo ao mercado brasileiro de ações, analistas destacam os elogios feitos pela missão do Fundo Monetário Internacional (FMI), que veio ao País para a primeira revisão trimestral do acordo, às propostas econômicas apresentadas pelo PT. "Prudente e apropriada" foram os adjetivos usados pelos técnicos do FMI na reunião de anteontem. A tranqüilidade no processo de transição e as declarações moderadas de integrantes do futuro governo, que não se cansam de frisar que vão manter o compromisso com a estabilidade fiscal e monetária, estão acalmando os investidores.Esta manhã, por exemplo, o assessor econômico do PT, Guido Mantega, disse durante videoconferência para cerca de duzentos investidores espanhóis, que o futuro governo pretende iniciar as reformas no início de 2003, começando pela da Previdência, tanto pública como privada. Mantega disse que a agenda das reformas já está definida. A reforma seguinte será a tributária, salientou, e depois viriam as reformas política, trabalhista e agrária.Apesar de mostrar mais serenidade, o mercado não está livre de oscilações. Os negócios este mês vão ser guiados em função das declarações do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, sobre a composição do futuro ministério. A única certeza até agora é a nomeação do coordenador da equipe de transição, Antônio Palocci, e de José Dirceu para algum ministério. Pessolmente, Palocci disse preferir ocupar a pasta do Planejamento. Ontem, a polêmica em torno da permanência de Armínio Fraga no comando do Banco Central (BC) por mais seis meses, mexeu com os nervos do mercado. Depois do desmentido de Dirceu, acabou prevalecendo a percepção de que Armínio tem poucas chances de continuar à frente do BC.Os investidores absorveram bem a elevação da Selic, a taxa de juro básica referencial da economia, para 22% ao ano. A avaliação é de que essa alta de 1 ponto sinaliza que a inflação não está fora de controle, pois se estivesse fugindo ao controle a dose do remédio teria de ser maior, de 2 pontos.MercadosÀs 15h, o dólar comercial era vendido a R$ 3,5400, em alta de 0,71% em relação às últimas operações de ontem, oscilando entre R$ 3,4900 e R$ 3,4900. Com esse resultado, o dólar acumula uma alta de 52,85% no ano e queda de 9,58% nos últimos 30 dias. Veja aqui a cotação do dólar dos últimos negócios.No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003 negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros pagavam taxas de 22,710% ao ano, frente a 22,600% ao ano ontem. Já os títulos com vencimento em julho de 2003 têm taxas de 27,350% ao ano, frente a 27,240% ao ano negociados ontem.A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operava em alta de 1,76% em 10265 pontos e volume de negócios de R$ 335 milhões. Com esse resultado, a Bolsa acumula uma baixa de 24,41% em 2002 e alta de 12,43% nos últimos 30 dias. Das 50 ações que compõem o Ibovespa - índice que mede a valorização das ações mais negociadas na Bolsa -, sete apresentam alta. Mercados internacionais Em Nova York, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - operava em alta de 1,81% (a 8778,8 pontos), e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - sobe 2,41% (a 1453,50 pontos). O euro era negociado a US$ 0,9982; uma queda de 0,28%. Na Argentina, o índice Merval, da Bolsa de Valores de Buenos Aires, estava em alta de 1,77% (468,21 pontos). E não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

Agencia Estado,

21 de novembro de 2002 | 15h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.