Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bolsa sul-coreana cai 1,38%

O índice Kospi, da bolsa de Seul, fechou hoje em queda de 1,38%, depois de oscilar entre os territórios positivo e negativo durante a primeira parte do pregão. A queda, principalmente de blue chips e papéis de empresas exportadoras, ocorreu como resultado da depreciação do dólar em relação à moeda local, o que torna os produtos sul-coreanos menos atraentes no mercado internacional. Em Taiwan, os temores em relação à epidemia de Sars mantiveram os investidores distantes do mercado. Ontem, a ilha registrou seu maior número de casos num só dia desde o início da doença. A bolsa de Taipé caiu 1,10%, com um pregão com baixo volume financeiro. O Nikkei 225, do mercado japonês, teve queda de 0,08% com a divulgação de dados que mostraram que a economia local não cresceu no primeiro trimestre. O resultado fez cair as ações de empresas de dependem do desempenho do mercado doméstico. Já o mercado filipino subiu 0,23%, em sessão mista. A procura por barganhas, principalmente da blue chip Philippine Long Distance Telephone Co., garantiu o desempenho da bolsa. Não houve negociações hoje na Indonésia por ser feriado nacional no país. Às 5h30 (horário de Brasília) as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: -0,44%; Malásia: +0,24%; Tailândia: -0,05% e Cingapura: -0,47%.

Agencia Estado,

16 de maio de 2003 | 05h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.