Bolsa sul-coreana dispara e fecha em alta de 5%

A tomada de Bagdá pelas tropas americanas, indicando que a guerra no Iraque pode estar próxima do fim, animou os investidores dos mercados do sudeste asiático. Em Seul, o índice Kospi fechou em alta de 5%, a maior alta porcentual desde 14 de fevereiro do ano passado. ?O índice excedeu muito o que se imaginava esta manhã?, afirmou um trader. Investidores estrangeiros voltaram a comprar, depois de sete pregões consecutivos de vendas. Em Tóquio, o Nikkei 225 avançou 2,18%, liderado por blue chips do setor exportador. O mercado taiuanês subiu 1,70%. As maiores altas foram de papéis de empresas produtoras de aço, com a expectativa de que o setor apresentará lucro no primeiro trimestre. Não houve negociações hoje nas Filipinas e na Tailândia por ser feriado nestes dois países. Às 5h (horário de Brasília) os demais mercados do sudeste asiático registravam: Hong Kong: +1,02%; Indonésia: +3,37%; Malásia: +0,86% e Cingapura: +1,88%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.