Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Bolsa sul-coreana sobe 1,57%

O mercado sul-coreano fechou hoje em alta de 1,57%, estimulado pelas compras realizadas por investidores estrangeiros e de varejo no mercado futuro. Em Tóquio, o Nikkei 225 subiu 1,13%, com a procura por papéis do setor bancário. A desvalorização do iene também fez crescer o interesse por ações de montadoras de automóveis, alta tecnologia e outras empresas exportadoras. Apesar disso, o mercado mantém-se cauteloso sobre as perspectivas da economia. Nas Filipinas, a alta de 0,90% foi decorrência de recuperação técnica liderada pelos papéis da Manila Electric. O pregão em Taiwan encerrou em queda de 1,54%, a terceira baixa consecutiva da bolsa, puxada pelas ações da China Steel, depois que a China anunciou novas tarifas para importação de aço. No intervalo dos negócios, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: +0,41%; Indonésia: +0,31%; Malásia: +0,07%; Tailândia: +0,29% e Cingapura: -0,78%.

Agencia Estado,

20 de novembro de 2002 | 05h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.