Bolsa sustenta ganhos pelo 2º mês

Ibovespa subiu 2,61% em dezembro e 4,66% em janeiro, ante quedas de 0,74% e 8,84% do Dow Jones, nos EUA

Claudia Violante, Silvana Rocha e Denise Abarca, O Estadao de S.Paulo

31 de janeiro de 2009 | 00h00

A Bovespa acompanhou as quedas dos índices acionários norte-americanos e europeus ontem, mas em janeiro o mercado paulista subiu 4,66% na contramão das perdas registradas pelas ações no exterior. Em Nova York, o índice Dow Jones recuou 8,84% no mês e, na Inglaterra, o FTSE-100 cedeu 6,42%. O fraco desempenho das bolsas nessa sexta-feira refletiu o desânimo dos investidores com os dados econômicos negativos no exterior, especialmente a queda de 3,8% do Produto Interno Bruto dos EUA no quarto trimestre de 2008, o pior desempenho em 26 anos. O mês termina com muita incerteza no ar. O Senado norte-americano ainda deve votar o pacote de estímulo à economia, e o presidente Barack Obama disse que a maior contração do PIB desde 1982 reforça a urgência dessa medida. Também há expectativas sobre as negociações entre o governo Obama e representantes de Wall Street em torno do plano de ajuda a bancos. No câmbio, o dólar subiu 0,87%, para R$ 2,315 ontem, reagindo a um movimento técnico em torno da formação da taxa média (Ptax) de fim de mês. Contudo, no mês, a moeda caiu 0,86% ante o real. Ojuro para janeiro de 2010 cedeu a 11,17%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.