Bolsa taiuanesa cai 2,30%

A queda dos principais índices dos mercados norte-americanos ontem (Dow Jones: - 2,31%; Nasdaq: -2,18%) provocou baixa de 2,30% no mercado taiuanês. A greve dos portuários da costa oeste dos EUA também preocupa os investidores em Taipé, pois teme-se que possa prejudicar as exportações de Taiwan para o país. O Nikkei 225 caiu 1,25%, aos 8.936,43 pontos, marcando um novo recorde de queda (o pior desempenho desde agosto de 1983). A razão para o resultado desastroso continua a ser o problema dos créditos podres, ainda sem solução. A bolsa filipina também caiu hoje (-1,02%), em razão das vendas realizadas por investidores estrangeiros, depois da explosão de uma bomba numa província do sul do país. Não houve negociações hoje na Coréia do Sul por ser feriado nacional. Hong Kong: -1,38%; Indonésia: -0,14%; Malásia: -0,13%; Tailândia: +0,36% e Cingapura: -0,28%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.