Bolsa tem alta de 0,31% e dólar sobe 0,36%

Mais denúncias no ambiente político e expectativa com o resultado de novas pesquisas eleitorais marcaram o dia nos mercados. Apesar de adicionarem mais incertezas ao cenário, estes fatores não provocaram uma piora no humor dos investidores.O dólar comercial encerrou o dia cotado a R$ 2,4760 na ponta de venda dos negócios, em alta de 0,36% em relação aos últimos negócios de ontem. Durante o dia, as cotações oscilaram entre a máxima de R$ 2,4910 e a mínima de R$ 2,4590. Com o resultado de hoje, a moeda norte-americana acumula uma alta de 4,83% em maio. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou em alta de 0,31%. O volume de negócios ficou um pouco acima de R$ 416 milhões. Entre as ações que compõem o Ibovespa - índice que mede a valorização das ações mais negociadas na Bolsa - as maiores altas foram registradas pelas preferenciais (PN, sem direito a voto) da Globo Cabo (6,25%), Cesp PN (3,67%) e as ordinárias da Embratel Participações (2,97%). A maior queda foi de Klabin S/A PN (- 3,48%).No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), pagavam taxas de 18,800% ao ano, frente a 18,740% ao ano registrados ontem. Já os contratos com vencimento em abril de 2003 (dentro do novo governo), apresentavam taxa de 19,680% ao ano, frente a 19,570% ao ano ontem.Já a taxa de risco-país, que mede a confiança dos investidores quanto à capacidade do País em honrar seus compromissos externos, estava, às 16h26, em 923 pontos base, frente a 914 pontos base ontem. Os C-Bonds, principais títulos da dívida brasileira, eram vendidos a 75,625 centavos por dólar - queda de 1,46% em relação aos negócios de ontem. Mercados internacionaisO Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - fechou com alta de 0,62%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - encerrou o dia com alta de 0,63%. Na Argentina, o índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires encerrou o dia em alta de 0,31%. Segundo apurou a correspondente Marina Guimarães, o dólar oficial fechou cotado a 3,30 pesos na ponta de venda, em alta de 3,12% em relação ao fechamento de ontem. Nas casas de câmbio que não operam com divisas do Banco Central, a moeda subiu 5,75%, terminando o dia em 3,49 pesos na ponta de venda.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.