Bolsas asiáticas abrem em alta após resgate americano

Índice Nikkei, de Tóquio, sobe 0,44% na abertura e, indicador Kospi, de Seul, aumenta 0,75%

Agências internacionais,

22 de dezembro de 2008 | 01h47

As Bolsas asiáticas abriram o pregão em alta nesta segunda-feira, após o anúncio durante o fim de semana do plano de resgate do setor americano de automóvel.   De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise    O índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio abriu em alta de 37,61 pontos (0,44%), aos 8.626,13. O segundo indicador, o Topix, que reúne todos os valores da primeira seção, subiu 6,58 pontos (0,79%), para 841,01.   O dólar abriu negociado a 89,52 ienes no mercado de divisas de Tóquio, frente aos 88,92 ienes do fechamento anterior. O euro era negociado a 125,05 ienes, frente aos 126,89 ienes de sexta-feira. Com o dólar, o euro abriu negociado a US$ 1,3970, frente a US$ 1,4270 da sexta-feira.   O indicador Kospi da Bolsa de Valores de Seul, na Coréia do Sul, subia 8,88 pontos (0,75%), aos 1.189,85. O índice de valores tecnológicos Kosdaq ganhava 3,66 pontos (1,07%), para 346,11.   O índice Hang Seng da Bolsa de Valores de Hong Kong aumentava 49,61 pontos (0,33%), aos 15.177,12 inteiros.  O seletivo Straits Times da Bolsa de Valores de Cingapura subia 0,63 ponto (0,04%), aos em 1.796,10. Em Kuala Lumpur, o índice composto KLCI aumentava 0,58 ponto (0,11%), aos 876,88. O índice composto SET da Bolsa de Valores de Bangcoc, na Tailândia, ganhava 1,11 ponto (0,25%), aos 448,12.   O indicador JKSE da Bolsa de Valores de Jacarta, na Indonésia, caía 3,73 pontos (0,28%), aos 1.344,56. Em Manila, o indicador PSEI perdia 9,57 pontos (0,50%), aos 1.893,96.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.