R$ 1,57 bi

E-Investidor: Tesouro Direto atrai mais jovens e bate recorde de captação

Bolsas asiáticas abrem pregão em alta

Índice Nikkei, de Tóquio, aumentava 17,13 pontos (0,21%); Kospi, em Seul, subia 10,44 pontos (0,89%)

Agências internacionais,

19 de março de 2009 | 01h08

As Bolsas asiáticas operam o pregão desta quinta-feira, 19, em alta, após o Fed, o banco central americano, anunciar que vai injetar mais de US$ 1 trilhão na economia para estimular o mercado de crédito. Deste total, US$ 300 bilhões serão destinados à recompra de títulos do Tesouro americano nos próximos seis meses.

 

Veja também:

linkFed mantém juro perto de zero e injeta US$ 1 tri no mercado

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise 

especialDicionário da crise 

 

O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio aumentava 17,13 pontos (0,21%), aos 7.989,30. O indicador Topix subia 5,96 pontos (0,77%), aos 770,63.

 

Em Seul, o indicador Kospi operava em alta de 10,44 pontos (0,89%), para 1.180,39 pontos. O índice de valores tecnológicos subia 4,09 pontos (1,02%), aos 402,69.

 

O índice Hang Seng, da bolsa de Hong Kong, ganhava 88 pontos (0,67%), aos 13.205,17. O índice Psei, da bolsa de Manila, subia 10,24 pontos (0,58%), aos 1.780.

 

Em Cingapura, o índice Straits Times ganhava 0,27 ponto (0,02%), aos 1.576,21. O índice seletivo KLCI, de Kuala Lumpur, subia 4,40 pontos (0,52%), aos 852,36.

 

O índice SET, da bolsa de Bangcoc, registrava 426,82 pontos, após subir 0,62 (0,15%). Em Jacarta, o indicador composto JKSE ganhava 17,52 pontos (1,32%), aos 1.340,36.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.