Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Bolsas asiáticas acompanham Wall Street e abrem em alta

Índice Nikkei, de Tóquio, ganhava 4,12%, enquanto Kospi, de Seul, subia 3,53%

Agências internacionais,

14 de novembro de 2008 | 00h28

Os mercados asiáticos abriram o pregão desta sexta-feira, 14, em alta, acompanhando Wall Street que avançou com a caça a barganhas após três dias de quedas consecutivas.   O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio abriu em alta de 339,88 pontos (4,12%), aos 8.578,52 pontos. O Topix, que reúne as ações mais negociadas, teve alta de 35,17 pontos (4,20%), até 872,70 pontos.   O dólar era cotado no mercado de divisas de Tóquio a 97,58 ienes, frente aos 95,65 ienes do fechamento anterior. O euro era negociado a 124,80 ienes, frente aos 118,67 ienes. Frente ao dólar, a moeda européia era negociada a US$ 1,2784, frente a US$ 1,2407 da jornada anterior.   O indicador Kospi da Bolsa de Valores da Coréia do Sul subia 38,50 pontos (3,53%), aos 1.126,94 pontos. Já o índice de ações de empresas tecnológicas Kosdaq subia 13,37 pontos (4,29%), aos 324,92 pontos.   As outras Bolsas asiáticas também abriram em alta. Hong Kong ganhava +3,99%; Manila +2,71%; Cingapura +2,59%; Jacarta +0,08%; Kuala Lumpur +0,70% e Bangcoc +1,37%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.