Bolsas asiáticas apresentam instabilidade na abertura

Hong Kong e Bangcoc abriram em alta, enquanto as outras bolsas começaram o pregão em queda

Efe,

31 de janeiro de 2008 | 02h43

Instabilidade marca a abertura das bolsas asiáticas nesta quinta-feira, após o Federal Reserve (Fed, banco central do EUA) anunciar mais um corte na taxa básica de juros americanos em menos de 10 dias. Os mercados de Bangcoc e Hong Kong abriram em alta, enquanto todos os outros iniciaram o pregão em baixa. Veja também:A evolução dos juros nos EUA Após corte de juros nos EUA, bolsa de Tóquio abre em baixaFed reduz juro americano anual para 3%Com juro menor nos EUA, Bovespa fecha na máxima  O índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong operava nos primeiros minutos do pregão em alta de 136,03 pontos (0,58%), aos 23.789,72. Já a alta no índice SET da Bolsa de Bangcoc era de 1,05 ponto (0,13%), aos 764,53. A Bolsa de Valores de Tóquio abriu com uma queda de 1,29% no índice Nikkei, que alcançava 13.173,03 pontos. O indicador Topix caía 1,54%, para 1.299,76 pontos. Em Cingapura, a baixa no índice Straits Times era de 10,71 pontos (0,35%), aos 2.989,32.  O índice composto KLCI da Bolsa de Kuala Lumpur caía 2,51 pontos (0,18%), aos 1.381,57. Já na Bolsa de Manila, o índice PSEI operava em queda de 1,94 ponto (0,05%), aos 3.254,59. O índice composto JCI da Bolsa de Jacarta abriu em baixa de 0,34 ponto (0,01%), aos 2.610,02. Nesta quarta-feira, 30, o Fed baixou a taxa básica de juros de 3,5% para 3% ao ano - o nível mais baixo desde a primavera (do hemisfério Norte) de 2005. Além disso, a taxa negociada entre bancos (redesconto) foi reduzida em 0,5 ponto porcentual - de 4% para 3,5% ao ano. De acordo com comunicado divulgado ao final da reunião, a desaceleração é um risco para a economia do país. Esta é a segunda redução do juro promovida pelo Fed em menos de dez dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.