Bolsas asiáticas caem e Coreia do Sul corta juros

Índice Kospi perdia 0,55% e banco central sul-coreano baixou taxa básica para 2%

Agências internacionais,

12 de fevereiro de 2009 | 01h38

As Bolsas asiáticas abriram o pregão desta quinta-feira, 12, em baixa, após o Congresso americano chegar a um acordo na quarta-feira, 11, sobre o formato do pacote de estímulo à economia, abrindo caminho para a legislação de US$ 789 bilhões ser aprovada em votação na sexta-feira. A Coreia do Sul anunciou mais um corte na taxa básica de juros.   Veja também: De olho nos sintomas da crise econômica  Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise     O índice Nikkei da Bolsa de Valores de Tóquio baixava 2,07%, para 7.781,31 pontos. Por sua vez, o indicador Topix recuava 1,86%, para 763,62 pontos.   O dólar abriu em baixa no mercado de divisas de Tóquio, a 90,29 ienes, contra os 91,33 ienes do último fechamento. Já o euro era cotado a 116,17 ienes e a US$ 1,2863, frente às cotações de 117,76 ienes e de US$ 1,2894 da jornada anterior.   O indicador Kospi, do mercado sul-coreano, perdia 6,50 pontos (0,55%) para se situar em 1.183,68 pontos. Enquanto o o índice de valores tecnológicos Kosdaq ganhava 3,66 pontos (0,95%) até 387,07 pontos.   O banco central da Coreia do Sul rebaixou nesta quinta-feira a taxa básica de juros em 0,5 ponto percentual a 2%. Desde outubro do ano passado, o banco central sul-coreano cortou 3,25 pontos dos juros.   O corte nos juros na Coreia do Sul, um dos países mais afetados pelos efeitos da crise, reflete que a recessão econômica é maior do que o previsto no país asiático.   Nessa mesma semana, o ministro das Finanças, Yoon Jeung-hyun, disse que a economia da Coreia do Sul, a quarta maior da Ásia, terá contração de 2% este ano, seu primeiro retrocesso desde a crise que de 1997. Já o Fundo Monetário Internacional (FMI) previu recentemente que a economia sul-coreana teria contração de 4% em 2009.   O índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong perdia 99,63 pontos (0,74%), aos 13.439,58. Em Jacarta, o índice composto JKSE caía 2,72 pontos (0,21%), aos 1.322,10. Bangcoc e Cingapura tamém estavam em queda de 0,31% e 0,06%.   Já em Manila, o índice seletivo Psei ganhava 2,94 pontos (0,15%), aos 1.900,69. O índice composto KLCI, da bolsa de Kuala Lumpur, estava em 900,03 pontos, após subir 2,96 (0,11%).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.