Bolsas asiáticas desabam seguindo perdas de Wall Street

Índice Nikkei, do Japão, fecha em baixa de -6,78%; perda em Seul chega a -5,14%

Efe,

22 Outubro 2008 | 04h45

As Bolsas asiáticas fecharam em baixa as operações desta quarta-feira, 21, seguindo Wall Street que fechou em queda na terça-feira. O temor sobre a situação da economia americana aumentou depois que um grupo de empresas importantes dos EUA advertiram sobre maiores complicações no futuro por causa da crise.   Veja também: Mantega fala em 'crise séria' e lista vantagens do Brasil Consultor responde a dúvidas sobre crise   Como o mundo reage à crise  Entenda a disparada do dólar e seus efeitos Especialistas dão dicas de como agir no meio da crise A cronologia da crise financeira  Dicionário da crise    O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio desabou 631,56 pontos (6,78%), para 8.674,69. Já o índice Topix, que reúne todos os valores da primeira jornada, caiu 67,41 pontos (7,04%), aos 889,23.   Em Seul, o índice Kospi perdeu 61,51 pontos (5,14%), aos 1.134,59. Enquanto que o indicador de valores tecnológicos Kosdaq caiu 15,44 pontos (4,40%), para 335,53.   Os outros mercados ásiaticos também fecharam no vermelho. Hong Kong perdeu -5,42%; Bangcoc -1,95%; Jacarta -4,32%; Manila - 1,12%; Cingapura -4,93% e Xangai -3,58%. A bolsa australiana amargou perda de -3,09%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.