Bolsas asiáticas fecham em alta, ampliando ganhos registrados na última sessão

Ações de empresas aéreas se destacaram e impulsionaram a Bolsa de Xangai, com o índice Xangai Composto subindo 0,9%

Marcelo Ribeiro Silva, com informações da Dow Jones Newswires,

17 de fevereiro de 2014 | 09h53

As bolsas asiáticas encerraram a segunda-feira em alta e ampliaram os ganhos registrados no pregão anterior, seguindo o avanço dos índices de Wall Street na sexta-feira.

Na China, as ações de empresas aéreas se destacaram e impulsionaram a Bolsa de Xangai, após a mídia local informar que o governo vai lançar em breve um plano de gestão do espaço aéreo de baixa altitude. O índice Xangai Composto subiu 0,9%, a 2.135,42 pontos. O índice Shenzhen Composto teve alta de 1,9%, a 1.160,39 pontos.

Analistas disseram que o mercado de Xangai deve se consolidar nesta semana diante da ausência de novidades na política monetária e de indicadores relevantes. Entre as ações, destaque para a China Spacesat, que subiu 4%, e para a China Avic Electronics, que ganhou 2,8%.

O aumento dos novos empréstimos na China também contribuiu para o otimismo entre os investidores. As instituições financeiras da China emitiram 1,32 trilhão de yuans (US$ 218 bilhões) em novos empréstimos em janeiro, ante 482,5 bilhões de yuans em dezembro. A previsão de economistas ouvidos pelo The Wall Street Journal era que os empréstimos do mês passado somariam 1,1 trilhão de yuans.

O otimismo também prevaleceu entre os investidores do índice Hang Seng, da Bolsa de Hong Kong, que avançou 1,1%, a 22.535,94 pontos.

Na Tailândia, o índice SET, da Bolsa de Bangcoc, fechou com queda de 0,17%, a 1.311,87 pontos, mesmo após o Produto Interno Bruto (PIB) do país ter avançado 0,6% no quarto trimestre ante o anterior, acima das estimativas que indicavam crescimento de 0,2%. Durante o pregão, o índice chegou a subir 0,8%, a 1.321,8 pontos.

O principal índice acionário de Taiwan, o Taiex, se valorizou 0,07%, fechando a 8.519,55 pontos, enquanto o sul-coreano Kospi ganhou 0,31%, a 1.946,36 pontos, e o filipino PSEi subiu 0,89%, a 6.167,82 pontos.

O índice S&P/ASX 200, da Bolsa de Sydney, na Austrália, subiu 0,5% e encerrou o dia a 5.382,90 pontos, à medida que as ações continuam a se recuperar da recente instabilidade dos mercados emergentes e em função de resultados dos balanços de empresas na semana passada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.