Bolsas asiáticas fecham no vermelho; Tóquio perde 1,5%

Mercados reagem mal à queda em Wall Street e ao aumento das apreensões sobre as economias da Europa e dos EUA

Ricardo Criez e Hélio Barboza, da Agência Estado,

24 de fevereiro de 2010 | 07h29

A maioria dos mercados asiáticos apresentou resultados negativos nesta quarta-feira. As bolsas da região reagiram mal à queda em Wall Street e ao aumento das apreensões sobre as economias da Europa e dos EUA. A exceção foi a China, beneficiada por fatores domésticos.

 

A Bolsa de Tóquio fechou em queda. O índice Nikkei 225 caiu 153,27 pontos, ou 1,5%, e fechou aos 10.198,83 pontos.

O índice Hang Seng da Bolsa de Hong Kong baixou 155,26 pontos, ou 0,8%, e terminou aos 20.467,74 pontos. Os bancos chineses lideraram o declínio, com preocupações de que Pequim irá dar novo aperto na política monetária em breve.

Após dois pregões de queda, as Bolsas da China se recuperaram. Os investidores já absorveram o impacto dos planos dos bancos de aumentar seus fundos. O índice Xangai Composto subiu 1,3% e encerrou aos 3.022,18 pontos. O Shenzhen Composto ganhou 2,3% e terminou aos 1.153,94 pontos.

A valorização do dólar em relação ao euro fez o yuan sofrer ligeiro declínio sobre a moeda norte-americana. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8270 yuans, de 6,8267 yuans do fechamento de terça-feira.

Já a Bolsa de Taipé, em Taiwan, teve queda moderada, no embalo dos demais mercados regionais. O índice Taiwan Weighted caiu 0,9% e encerrou aos 7.529,67 pontos.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi da Bolsa de Seul recuou 1% e fechou aos 1.612,83 pontos. As ações de empresas exportadoras e tecnológicas lideraram a queda.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 teve queda de 1,5% e encerrou aos 4.648,5 pontos, puxado pelo setor de matérias-primas.

Na Bolsa de Manila, nas Filipinas, o índice PSE caiu 1,1% e fechou aos 2.981,14 pontos.

A Bolsa de Cingapura recuou seguindo o mau desempenho de Wall Street. O índice Strait Times caiu 0,7% e fechou aos 2.762,14 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, perdeu 0,2% e fechou aos 2.579,41 pontos, com vendas de ações seletivas de bancos e blue chips de telecomunicações em meio às quedas nos demais mercados asiáticos.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, teve baixa de 0,1% e fechou aos 715,18 pontos, uma vez que as compras da tarde compensaram as perdas da manhã. As compras deveram-se à amenização das preocupações com a situação política local.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,3% e fechou aos 1.270,78 pontos, liderada por ganhos em pesos-pesados seguindo lucros maiores que os esperados de papéis do setor imobiliário e de construção civil. As informações são da Dow Jones

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas, Ásia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.