finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Bolsas asiáticas fecham pregão em baixa

Índice Nikkei da Bolsa de Tóquio caiu -0,66%; apenas Xangai e Manila registraram alta

Agências internacionais,

19 de novembro de 2008 | 06h22

As bolsas asiáticas amargaram perdas no pregão desta quarta-feira, 19, com os temores acerca de um possível resgate as empresas automotivas dos Estados Unidos.   Veja também: De olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29 Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise    O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio fechou em baixa de 55,19 pontos (-0,66%), para 8.273,22. O índice Topix, que reúne todos os valores da primeira seção, caiu 8,01 pontos (-0,96%), aos 827,43   Em Seul, o índice Kospi perdeu 19,34 pontos (-1,87%), para 1.016,82. O indicador de valores tecnológicos Kosdaq caiu 7,85 pontos (-2,57%), aos 297,41.   O índice Hang Seng, de Hong Kong, diminuiu -0,30% e, em Kuala Lumpur, a queda foi de -0,62%. Os outros mercados fecharam em baixa de mais de 1%: Cingapura -1,08%; Bangcoc -1,22% e Jacarta -1,49%. A Bolsa australiana registrou queda de -0,85%.   Xangai e Manila foram na contramão dos outros mercados e fecharam em alta de +6,05% e +1,85%, respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.