Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Bolsas asiáticas fecham último pregão da semana em alta

Tóquio ganha 1,66% e Seul sobe 1,18% ; mercados de Xangai, Cingapura e Kuala Lumpur registraram perdas

Agências internacionais,

28 de novembro de 2008 | 06h10

As Bolsas asiáticas fecharam o último pregão desta semana com ganhos, em um mercado pouco ativo pela falta de investidores estrangeiros, devido a ponte do feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos. Apenas Xangai, Cingapura e Kuala Lumpur registraram perdas.   Veja também: De olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29 Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise     O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio fechou hoje em alta de 138,88 pontos (1,66%), aos 8.512,27. O índice Topix, que reúne todos os valores da primeira jornada, subiu 5,79 pontos (0,70%), para 834,82.   O índice Kospi da Bolsa de Seul aumentou 12,59 pontos (1,18%), aos 1.076,07. O indicador de valores tecnológicos Kosdaq subiu 3,12 pontos (1,03%), para 307,48.   Em Hong Kong, o índice Hang Seng subiu 1,58% e, em Bangcoc, o índice Set aumentou 1,90%. O indicador de Jacarta ganhou 2,57% e o de Manila, 0,23%.   Kuala Lumpur, Cingapura e Xangai fecharam em baixa de 0,44%, 0,26% e 2,44%, respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.