Bolsas asiáticas registram nova alta

As fortes altas dos principais índices de Nova York ontem (Dow Jones: +5,41%; Dow Jones: +5,79%) mais uma vez influenciou o desempenho dos mercados do sudeste asiático. A bolsa japonesa registrou alta de 3,49%, estimulada também pela desvalorização do iene em relação ao dólar, que estimulou as compras de ações de empresas de alta tecnologia e exportadoras. Em Seul, os investidores procuraram pechinchas, já que muitos papéis estavam subvalorizados. O índice Kospi subiu 3,39%, com a procura por ações da Samsung Electronics e da Hynix Semiconductor. Em Taiwan, a bolsa teve valorização de 3,02%, com fortes altas nos setores de tecnologia e financeiro. O mercado filipino encerrou seu pregão em +0,39%, sem refletir o bom desempenho de Wall Street, em razão dos problemas fiscais do governo. Na reabertura dos negócios, depois do intervalo do meio-dia, as demais bolsas do sudeste asiático registravam: Hong Kong: +3,01%; Indonésia: +2,29%; Malásia: +0,84%; Tailândia: +2,19% e Cingapura: +1,38%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.